A Débil Mental
A Débil Mental

A Débil Mental

Marca: InstanteModelo:InstanteDisponibilidade: Disponível em 2 dias úteis Referência: 9786587342023


Por:
R$ 52,90

ou 1x de R$ 52,90 Sem juros Cartão Amex - Yapay
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

Autor: Ariana Harwicz

"O segundo romance da argentina Ariana Harwicz, autora do bem-sucedido Morra, amor, traz uma história protagonizada por mãe e filha que se espionam, se odeiam, se amam.

Em um vilarejo distante de tudo, mãe e filha dependem uma da outra em um círculo de destruição mútua, mas também de afeição. Porque esta é, sim, uma história de amor – na qual, porém, um abraço pode acabar em facada. A única saída possível para elas está no amante da filha, o redentor capaz de transformar para sempre a vida de ambas.

Esqueça o que leu a respeito de relações entre mães e filhas: Ariana Harwicz explora a convivência enlouquecida entre duas mulheres que já estiveram ligadas pelo cordão umbilical, mas agora estão unidas por violência, sexo e todas as pulsões que a sociedade reprime em nós e que aqui explodem de maneira descontrolada. A débil mental é uma leitura profundamente perturbadora, ainda que repleta de imagens de grande beleza – uma experiência incomum e por isso mesmo viciante..

O livro foi publicado originalmente em 2014 e é a segunda parte de uma trilogia “involuntária”, chamada por Harwicz de “trilogia da paixão”, pois os livros exploram a relação entre mães e filhos. Dela também fazem parte os romances Morra, amor [Matate, amor, de 2012], lançado pela Editora Instante em 2019, e Precoce [Precoz, de 2016], que chegará por aqui em 2021. A débil mental foi adaptado para o teatro na Argentina em 2019. Harwicz também é autora de Degenerado, de 2019..

ELOGIOS:


“Um continuum de imagens poderosas, rupturas verbais, diálogos loucos. E poesia, muita poesia.” – El País

“As ficções de Harwicz não se encaixam em nenhum estilo de literatura e estão a meio caminho entre o solilóquio e o pesadelo, como se fossem o monólogo de um sonâmbulo. A débil mental conta uma história de amor siamês entre mãe e filha.” – La Nación

“[...] traz recordações da melhor literatura feminina já escrita, a arrebentação incomparável d’As ondas, de Virginia Woolf.” – Clarín
“Harwicz destaca-se em combater os tabus em torno de desejo feminino, lealdade filial, ausência de instinto materno e até mesmo de incesto.” – The Guardian

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Ano de publicação: 2020
  • Idioma: Português
  • Peso: 222
  • Formato: Papel
  • Editora: Instante
  • Autor: Ariana Harwicz
  • Edição: 1ª
  • Encadernação: Brochura
  • Origem: Nacional
  • Páginas: 96

Confira também