Escolha a próxima leitura aqui! Compre livros online. Dicas de livros de Contos e Crônicas dos principais cronistas da Literatura Estrangeira:

 

Novelas Exemplares - Miguel De Cervantes: Querido leitor, ao ler estas novelas você estará entrando em outro tempo, no famoso Século de Ouro da literatura espanhola, que nos ofereceu parte do cânone ocidental. Grandes clássicos saíram da pena de autores como Góngora, Quevedo, Calderón, Lope de Vega, e o autor destas Novelas Exemplares, Miguel de Cervantes. O volume contém as seguintes novelas “A Ciganinha”, “O Amante Generoso”, “Rinconete e Cortadillo”, “A Espanhola Inglesa”, “O Licenciado de Vidro”, “A Força do Sangue”, “O Estremenho Ciumento”, “A Ilustre Fregona”, “As Duas Donzelas”, “A Senhora Cornélia”, “O Casamento Enganoso”, “O Colóquio dos Cães”.

 

Maria dos Prazeres e Outros Contos - Gabriel García Márquez: Este livro traz uma seleção de histórias escolhidas para o público juvenil, ilustradas por Carme Solé Vendrell. Com suas fabulações povoadas por situações oníricas e fenômenos insólitos que podem estimular, divertir e impressionar, o autor descentra o leitor da realidade para dar lições onde cabem reflexões sobre o poder, o amor, a amizade, a política e a história, usando a mitologia e o cotidiano da América Latina como cenário de seu universo fantástico.

 

Duas Narrativas Fantásticas - Fiódor Dostoiévski: Duas pequenas obras-primas, as narrativas aqui reunidas constituem excelente introdução ao universo de Dostoiévski. Se A dócil (também conhecida como Uma doce criatura) foi considerada "uma das mais vigorosas novelas do desespero na literatura mundial", O sonho de um homem ridículo desenha a possibilidade de uma vida utópica em outro planeta.

 

O Diabo E Outras Histórias - Liev Tolstói: Escritos entre 1858 e 1904, os cinco contos aqui reunidos são pequenas obras-primas do autor de Guerra e paz. “Três mortes”, “Kholstomier”, “O diabo”, “Falso cupom” e “Depois do baile” sintetizam, com maestria, os temas presentes na vasta produção do autor de Anna Kariênina: paixão, ciúme, morte, traição, consciência moral, decadência da aristocracia, vida no campo e dilemas da justiça. Em “Três mortes”, o autor examina como o final da vida pode ser distinto ao descrever a morte de uma velha senhora, de um cocheiro e de uma árvore. Os entraves da civilização e da natureza retornam em “Kholstomier”, conto sobre um puro-sangue que, para decepção de seu dono, nasceu malhado. Publicado postumamente, “O diabo” narra uma história de amor atormentada pelo ciúme, enquanto “Falso cupom” condensa as ideias do escritor sobre a religião, a utopia e o modo como a fé e o Estado se relacionam. “Depois do baile”, por fim, traz a produção tardia de Tolstói em um conto sobre política e moral, entremeado por uma paixão arrebatadora. Posfácio de Paulo Bezerra.

 

Contos - Thomas Mann: Os melhores contos do prêmio Nobel de literatura Thomas Mann, em nova tradução e com posfácio de Terence J. Reed.
Autor de alguns dos romances mais notáveis do século XX, Thomas Mann é também um contista brilhante, e foi com as narrativas curtas que iniciou sua carreira literária. Seu primeiro texto publicado, “Visão”, saiu numa revista escolar ainda em 1893 e já revelava o que seria o estilo incomparável do escritor. As 25 histórias reunidas neste livro tratam de temas caros a Mann, como a relação entre arte e vida, o lugar da morte e da doença, o sentido da existência, a importância do trabalho e as complexas relações do indivíduo com a sociedade e a cultura dominante — além de, é claro, a preocupação recorrente com o destino político e cultural da Alemanha. Da comédia macabra à tragédia, dos contos breves aos mais extensos, como “Tristão” e “Um homem e seu cão”, tem-se aqui a oportunidade de desfrutar as várias facetas de um verdadeiro mestre da ficção.

Confira também